Por que as rede sociais
são tão importantes?

Compartilhar a visão do seu negócio

As redes sociais são uma vitrine da sua empresa, são nelas que você poderá mostrar seus produtos, a visão do negócio e no que acredita.

segmentação de público

Nas redes sociais é possível segmentar seus posts de acordo com as características da audiência, direcionando seus esforços para o seu público alvo.

informação sobe o seus clientes

Seu clientes compartilham seus gostos, desejos e outras informações valiosas em suas redes sociais, fique atento ao que é relevante para conectar-se melhor a ele.

Canal de venda direta

Você pode utilizar as Redes para vender seus produtos ou serviços, principalmente se você abordar aquela audiência que já tem um relacionamento com você e já se mostra madura para a compra.

Divulgação com baixo orçamento

Por ser muito mais barato, anunciar nas redes sociais é um dos modelos mais assertivo do momento, além da vantagem de que na web é muito mais fácil, nichar e mensurar os resultados.

Informação em tempo real

As redes sociais permitem comunicar em um canal direto. Isso é muito importante no caso de gestão de crise por exemplo, em que é necessário que a marca se posicione rapidamente, evitando assim que tome maiores proporções.

Conheça as principais redes sociais do mundo

Facebook

O Facebook é de longe a rede social mais popular do planeta — e, consequentemente, do Brasil. Quem nunca ouviu a brincadeira, principalmente para relacionamentos, de que “se não está no Facebook é porque não é oficial”? É a rede social mais versátil e completa. Um local para gerar negócios, conhecer pessoas, relacionar-se com amigos, informar-se, divertir-se, debater, entre outras coisas. Para empresas, é praticamente impossível não contar com o Facebook como aliado em uma estratégia de Marketing Digital, seja para gerar negócios, atrair tráfego ou se relacionar com clientes.

Ano de fundação: 2004

Usuários no Brasil: 120 milhões

Instagram

O Instagram foi uma das primeiras redes sociais exclusivas para acesso mobile. É verdade que hoje é possível acompanhar as atualizações em desktop, mas o produto é todo voltado para ser usado no celular. É uma rede social de compartilhamento de fotos e vídeos entre usuários, com a possibilidade de aplicação de filtros. Originalmente, uma peculiaridade do Instagram era a limitação de fotos para uma formato quadrado, imitando as fotografias vintage, como as de câmeras Polaroid. Em 2012, o aplicativo foi adquirido pelo Facebook por nada menos que 1 bilhão de dólares. Desde a aquisição, a rede social mudou bastante e hoje é possível postar fotos em diferentes proporções, vídeos, Stories, boomerangs e outros formatos de publicação.

Ano de fundação: 2010

Usuários no Brasil: 45 milhões

WhatsApp

O WhatsApp é a rede social de mensagens instantâneas mais popular entre os brasileiros. Ganhou até o “carinhoso” apelido de zap zap por parte da população. Praticamente toda a população que tem um smartphone tem também o WhatsApp instalado. Em 2017, também entrou na moda dos Stories e implementou a funcionalidade, que foi batizada de “WhatsApp Status”.

Ano de fundação: 2009

Usuários no Brasil: 120 milhões

Google +

A rede social do Google acabou não se popularizando como o planejado. Pela proposta que tem, acabou batendo de frente diretamente com o Facebook. É difícil encontrar uma empresa que possua mais engajamento ou que gere mais tráfego a partir do Google+ do que do Facebook, por exemplo. Nos últimos anos, tem tentado se reinventar para conquistar mais usuários, fazendo uma série de atualizações.

Ano de fundação: 2011

Usuários no Brasil: 22,5 milhões

Linkedin

O LinkedIn é a maior rede social corporativa do mundo. Assemelha-se bastante com as redes de relacionamento, mas a diferença é que o foco são contatos profissionais — ou seja, em vez de amigos, temos conexões, e em vez de páginas, temos companhias. É usado por muitas empresas para recrutamento de profissionais, para troca de experiências profissionais em comunidades e outras atividades relacionadas ao mundo corporativo.

Ano de fundação: 2002

Usuários no Brasil: 29 milhões

YouTube

O YouTube é a principal redes social de vídeos online da atualidade, com mais de 1 bilhão de usuários ativos e mais de 500 milhões de vídeos visualizados diariamente. Foi fundado em 2005 por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim. O sucesso meteórico fez com que a plataforma fosse adquirida pelo Google no ano seguinte, em 2006, por 1,65 bilhão de dólares.

Ano de fundação: 2005

Usuários no Brasil: 98 milhões